REDOMA TINTO 2009 MAGNUM cx Madeira

O Redoma expressa o que nós consideramos ser o carácter do Douro: os taninos pronunciados representam o seu lado mais selvagem e indomável, com as vinhas de encostas pronunciadas; o carácter forte, resulta da viticultura dura da região, as notas minerais expressam os solos de xisto...

More details

NIE039
Novos Produtos

71,12 €

- +

Comparar

Adicionar à Lista de desejos

 
Mais informação

REDOMA TINTO 2009 MAGNUM cx Madeira

O Redoma expressa o que nós consideramos ser o carácter do Douro: os taninos pronunciados representam o seu lado mais selvagem e indomável, com as vinhas de encostas pronunciadas; o carácter forte, resulta da viticultura dura da região, as notas minerais expressam os solos de xisto e os aromas ricos e intensos, os dias quentes de Verão. Redoma foi o primeiro vinho DOC Douro produzido pela Niepoort em 1991, 20 anos depois muitas coisas mudaram no Douro, mas o Redoma mantém o seu carácter. Produzido a partir de diversas vinhas viradas a norte com mais de 60 anos, localizadas na região do Cima Corgo, a mistura de castas inclui Tinta Amarela, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinto Cão e muitas outras.

VINIFICAÇÃO

2009 foi um ano muito fresco, até ao início de Agosto. Uma boa quantidade de água no solo e um Verão bastante mais fresco do que é habitual no Douro, deixava antever um período de maturação prolongado e uma vindima facilitada, no entanto, as altas temperaturas que se fizeram sentir a partir do dia 12 de Agosto aceleraram o processo de maturação. A vindima começou mais cedo, no início do mês de Setembro.

Depois de uma selecção cuidadosa quer na vinha quer na Adega, a fermentação decorreu em pequenas cubas de inox, com macerações prolongadas, e nos tradicionais lagares de pedra, onde as uvas foram sauvemente pisadas. Em alguns vinhos, parte dos engaços foram utilizados, para dar frescura. 60% do vinho estagiou em barricas de carvalho francês e 40% em tonéis de 2000 L, onde decorreu a fermentação maloláctica.

NOTAS DE PROVA

Carregado na cor, apresenta aromas de frutos pretos e vermelhos com notas de ameixa e cereja.

Balsâmico, com notas herbáceas que lembram os arbustos da flora mediterrânica, mostra um forte carácter mineral com aromas, de pedra molhada e terra, muito rico e complexo. Na boca é firme com taninos presentes suportados por uma boa acidez que complementa uma grande estrutura. Concentrado, mantém a frescura e a elegância. Termina muito longo, sem arestas. Grande potencial de envelhecimento.

INFORMAÇÃO TÉCNICA

PRODUTOR

Niepoort (Vinhos) S.A. 

REGIÃO

Douro

TIPO DE SOLO

Xisto

VINHAS

Diversas vinhas velhas

IDADE DAS CEPAS

60 a 120 anos

CASTAS

Tinta Amarela, Touriga Franca, Tinta Roriz e outras

DENSIDADE POR HA

6000

CONDUÇÃO DAS VINHAS

Guyot e Royat

ALTURA DO MAR

100–400

PERÍODO DE VINDIMA

Setembro 2009

FORMA DE VINDIMA

Manual 

MALOLÁCTICA

Barricas

FERMENTAÇÃO

Pequenas cubas de inox e lagares de granito

ENGARRAFADO

Agosto 2011

ESTÁGIO

21 meses em carvalho Francês, 228 L e 2000 L

EXTRACTO SECO

28.9

AÇÚCAR RESIDUAL

2.3

ÁLCOOL

14

PH

3.62

ACIDEZ TOTAL

5.27

ACIDEZ VOLÁTIL

0.75

SO2 LIVRE DE ENCHIMENTO

19

PRODUÇÃO

18 500 garrafas

SUGESTÃO DE ACOMPANHAMENTO

Pratos condimentados, bife pimenta, carne vermelha, caça. Sugestões vegetarianas: pratos condimentados por exemplo com cogumelos.

30 Outros produtos da mesma categoria

Marcas de Produtos

Comparar 0